Entendendo os Transtornos de Aprendizagem - 1ª Jornada NeuroSaber

Entendendo os Transtornos de Aprendizagem

cpl_1

Olá, pessoal! A 1ª Jornada NeuroSaber já começou e vocês terão uma semana cheia de aulas, informações e conhecimento. O objetivo da 1ª Jornada NeuroSaber é levar até vocês conteúdos que vão esclarecer dúvidas sobre questões que lhes auxiliarão diante dos desafios diários.

As aulas, ministradas por mim, Luciana Brites, e pelo Dr. Clay Brites, reunirão muitas informações acerca dos Transtornos de Aprendizagem. Tudo de forma interativa, com o propósito de estabelecermos uma comunicação efetiva com os espectadores.

[+] Acesse aqui para participar da 1ª Jornada NeuroSaber

Apresentação

Para começar, eu sou a Luciana Brites, pedagoga especializada em Educação Especial nas áreas de Deficiência Mental e Psicopedagogia Clínica e Institucional pela Unifil Londrina.  Além disso, sou especialista em Psicomotricidade pelo Instituto Superior de Educação Ispe Gae – São Paulo – e coordenadora do Núcleo Abenepi, em Londrina.

O Dr. Clay Brites é médico pediatra e neuropediatra formado pela Santa Casa de São Paulo. Dr. Clay também é vice-presidente da Abenepi – Capítulo Paraná; pesquisador do Laboratório de Dificuldades e Distúrbios da Aprendizagem e Transtornos da Atenção. Além disso, Dr. Clay é docente no curso de Pós-Graduação em Neuropsicologia na Unicamp e membro do Departamento de Neurologia da Sociedade Brasileira de Pediatria.

Jornada já começou!

Transtornos de Aprendizagem e seus sinais

Sem sombras de dúvidas, o Transtorno de Aprendizagem começa a mostrar alguns sinais na tenra idade. Eis aí a importância do discernimento, pois muitos pais solicitam ajuda de profissionais sem saber ao certo o que deve ser feito. Veja algumas dicas:

1° Precocidade: o Transtorno de Aprendizagem dá sinais logo bem cedo, o que não ocorre na Dificuldade de Aprendizagem. Uma dica é reparar se a criança apresenta alguma dificuldade no desenvolvimento neuropsicomotor, assim como atrasos motores, socialização, linguagem e memorização.

2° Hereditariedade: casos de Transtorno de Aprendizagem podem vir de algum parente da criança, como pais, avós, tios, primos; o que não ocorre nas Dificuldades de Aprendizagem.

Transtorno de Aprendizagem e cognição: importante salientar que o Transtorno de Aprendizagem é um conjunto de disfunções cognitivas e neurofuncionais. Uma das características é a criança apresentar dificuldade de absorção do conteúdo que lhe é ensinado, mesmo que ela não apresente nenhum sinal de problema neurológico e demonstre inteligência.

[+] Acesse aqui para participar da 1ª Jornada NeuroSaber

4° Auxílio terapêutico para a vida escolar: a criança com Transtorno de Aprendizagem precisa de acompanhamento médico e terapêutico. É comum que ela necessite de auxílio neuropsicológico, fonoaudiológico e neurofuncional para o seu desenvolvimento na vida estudantil a fim de que haja mais progressos nas funções cognitivas do pequeno.

5 ° Discernimento: importante saber separar a Dificuldade de Aprendizagem do Transtorno de Aprendizagem. No último caso (TA), há a ocorrência de Dislexia, Disgrafia, Discalculia e Transtornos de Aprendizagem Não-Verbal. Na Dificuldade de Aprendizagem, o problema encontrado está na metodologia de ensino e não nos transtornos diagnosticados.

6° Dificuldades: as crianças com Transtorno de Aprendizagem encontram mais dificuldades em responder às intervenções especializadas. Além disso, elas precisam mais de apoio em clínicas e sala de reforço multifuncional.

7° Histórico: importante salientar que a criança que nasce prematura; que tem ou teve epilepsias, meningites, traumas cranianos com complicações e baixo peso ao nascer também são propensas a terem algum tipo de Transtorno de Aprendizagem. Por isso, é importante a comunicação entre os médicos, terapeutas e educadores do pequeno.

Viu só como a 1ª Jornada NeuroSaber é importante para você se inteirar mais sobre o assunto? Trataremos dessa e outras questões em nossas aulas.

16 Comentários
  1. Keisy Ferreira dos Santos 2 meses atrás

    Oi trabalho com criancas especiais há 10 anos e me interesso muito por dificuldades de aprendizagem é gostaria de realizar este curso

  2. Geralda Maria 2 meses atrás

    Boa tarde
    Recebi o email de confirmação da inscrição para a jornada, porém não recebi o link para acesso.
    No aguardo
    Geralda

  3. Andrea 2 meses atrás

    Não estou conseguindo me inscrever. ..

  4. Daniela 2 meses atrás

    Minha filha tem 7 anos e não se alfabetizo preciso de ajuda

  5. Josiane Nobre De Loreto 2 meses atrás

    Meu filho está com dificuldades na alfabetização.
    Matemática e outros e muito bom.
    Como posso ajuda-lo?

  6. Alcione Silva Souza 2 meses atrás

    A questão da aprendizagem,ainda tem muitos segredos para serem desvendados. Ansiosa para descobrir com vocês os grandes desafios deste processo.

  7. Rogéria Bomfim de Almeida 2 meses atrás

    Não estou conseguindo fazer a inscrição para a Jornada Neuro Saber!
    Como faço??????

  8. Walmir rodrigues 2 meses atrás

    Estou fazendo uma especialização em neuropsicopedagogia e estou muito interessado nas orientações de vocês.Desejo muito sucesso em seus empreendimentos.Que esta jornaďa contribua de forma produtiva a todos os atores da educação inclusiva.Abraços

  9. Joselia Pereira Martins 2 meses atrás

    Boa noite,eu amei a Palestra e venho por meio deste parabenizar os Organizadores e Palestrantes,e ao mesmo tempo dizer que estou encantada com o assunto.Obrigada por compartilhar conosco seus aprendizados: Aproveitando o momento quero deixar uma pergunta.Como devemos trabalhar com ansiedade infantil . ou seja com aquela criança que não para para escutar nada.

    ?

  10. Sandra 2 meses atrás

    Excelente material!
    Interessante o que vcs abordam no item Discernimento. A metodologia aplicada para uma criança pode não ser apropriada para outra, e a escola não está preparada para fazer uso de várias metodologias, infelizmente.

  11. Regina 2 meses atrás

    Oi dr.Clay e Luciana,com vcs estou aprendendo e entendendo o meu filho.Ele tem atraso no desenvolvimento. Andou com quase 3 anos e é deficiente auditivo e fez implante coclear com 8 anos. E por causa de suas dificuldades na escola,começou a usar Libras.E agora está conseguindo,no ritmo dele,a ler e escrever.Com seus vídeos descobri o TOD e fui conversar com a terapeuta,pq ele tem algumas características mas não tão graves.E a cada dia descubro coisas e aprendo a lidar com elas.Obrigada pelos ensinamentos.

  12. Caroline Vilarim 2 meses atrás

    Boa noite fiz a inscrição para a Jornada e ainda não recebi os matérias pelo meu e-mail! Estou no aguardo

  13. Lindalva 2 meses atrás

    Boa tarde, estou adorando a 1 jornada pedagogica estou tirando algumas dúvidas pois sou estudante de pedagogia e estagiaria e mediadora de um autista, começo a entender as dificuldades que tenho no meu dia a dia com ele.

  14. denise 2 meses atrás

    Oi, Fiz a inscrição,recebi os emails, porém não si onde acesso às aulas. Obrigada, Denise

  15. lilian 2 meses atrás

    Tenho um filho se 13 anos, e estou passando por essa situaçao desde o ano passado vem apresentando grandes dificuldades, conversei com a equipe da escola que ele estuda, pois muitas vezes me sinto aflita.principalmente quando cgega is resultados

  16. Zilda de Brito dos Santos Pereira 2 meses atrás

    Sou formada em psicopedagogia, e gostaria muito de fazer o curso também. Tem uma coisa que às vezes me preocupo muito, é com alguns profissionais da educação, quando algum aluno apresenta algumas dificuldades, o profissional já logo fala, em defasagem de aprendizagem, dislexia e etc. Acredito que, temos que ter muito cuidado em algumas situações que encontramos em alguns de nossos alunos.

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2016 NeuroSaber todos os direitos reservados.

Desenvolvido por:  Agência Primage

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?