O que é pior para a evolução escolar de pacientes com TDAH: o déficit de atenção ou a hiperatividade? - Artigos | NeuroSaber

O que é pior para a evolução escolar de pacientes com TDAH: o déficit de atenção ou a hiperatividade?

atencao-escolar

Em recente artigo de revisão publicado na Creative Education, onde foram avaliados 376 artigos relacionados a fatores que influenciam a evolução e o sucesso acadêmico em pacientes com TDAH,  os autores concluíram que dentre os sinais-alvo do transtorno, o Déficit de Atenção é o sintoma do TDAH que mais restringe e aumenta o risco de fracasso na escolarização e na carreira acadêmica.

Dentre as variáveis avaliadas,  a desorganização global e os repetidos fracassos apresentados por estes jovens na realização de atividades escolares, como déficits em habilidades específicas, empobrecimento na capacidade de adquirir novas habilidades, baixo auto-conceito e baixa auto-estima. Além disto, esta população tem maior risco de desenvolver sintomas depressivos, o que intensificaria a baixa performance e prejudicaria ainda mais sua interação social.

Esta evidência contrasta com a ideia geral de que a hiperatividade do TDAH seria o “vilão” principal dos processos escolares e ressalta a importância de se identificar precocemente o Déficit de Atenção. Vários trabalhos vêm também cada vez mais colocando esta medida como uma importante prevenção frente à evasão escolar.  Para mais informações, acesse.

1 Comentário

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2016 NeuroSaber todos os direitos reservados.

Desenvolvido por:  Agência Primage

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?