O que é TOC na Infância? - NeuroSaber

O que é TOC na Infância?

toc-infantil

Você sabia que crianças podem desenvolver TOC? É isso mesmo, o transtorno obsessivo compulsivo pode ser muito comum entre os pequenos. Contudo, o TOC infantil pode ser amenizado com tratamentos adequados. Mas antes vale a pena rever algumas características que ajudarão pais e profissionais a identificarem os sinais e os traços manifestados pela criança.

Esclarecendo

Muita gente se confunde na hora de conceituar a obsessão e a compulsão, mas colocaremos a seguir o significado de cada uma. Veja abaixo:

Obsessão: pensamentos ou ideias que aparecem de repente na mente de uma pessoa. Com isso, ela passa a imaginar que tal pensamento é real e que isso vai levar a um problema se ela não fizer alguma coisa para solucioná-lo. Em muitos casos, o indivíduo passa a pensar que tudo de errado que acontece é culpa dele. Vale lembrar, no entanto, que não se trata de alucinação, mas pensamentos que surgem e que acabam tornando a pessoa refém da própria mente.

– Compulsão: a compulsão é o ato motor, é uma ação. Exemplo: trancar a porta várias vezes para ter a certeza que fechou a casa.

Criança com TOC e o aprendizado na escola

É importante lembrar que a criança que apresenta TOC não tem o aprendizado pedagógico prejudicado. Porém, é provável que o rendimento escolar do aluno fique comprometido diante do pensamento obsessivo, que insiste em tomar conta de sua mente; ou, então, do perfeccionismo que a criança pode ter ao escrever uma palavra.

O pequeno fica preso nesses detalhes sem aproveitar o conteúdo dado em sala de aula. Outro ponto é que o aluno pensa que se utilizar alguma palavra, isso pode levá-lo a uma situação de tragédia, por exemplo.  Essa característica é bem comum entre crianças que tenham TOC (pensar que algo de ruim vai acontecer se não fizer determinada coisa ou se afastar de seus pais).

Comorbidades associadas ao TOC

O transtorno obsessivo compulsivo pode apresentar algumas comorbidades, tais como: esquizofrenia, TDAH, bipolaridade, Síndrome de Touret, Transtorno de Espectro de Autismo, tiques (estímulos motores imprevisíveis, sem planejamento).

Como caracterizar um TOC

Antes desta informação, vale dizer que somente o acompanhamento de um profissional é capaz de identificar a existência do transtorno. Uma pista que sua criança possa estar com o TOC é quando esses pensamentos obsessivos e atitudes compulsivas ocorrem, pelo menos, uma hora por dia.

Problemas gerados pelo TOC

Uma criança com TOC pode manifestar problemas na vida acadêmica, emocional, social, profissional (quando adulto) e afetiva. A pessoa deixa de fazer coisas importantes para ficar imersa nessas situações. Além disso, tais atitudes (TOC) geram angústia e medo.

Hereditariedade

Geralmente, a criança com TOC pode ter tal transtorno proveniente de algum parente que manifeste tais condições.

Autismo e TOC

O autismo associado ao TOC pode ocorrer em 6% a 10% das crianças com autismo.

Por que a criança omite a existência do TOC?

Na verdade, o pequeno não saberá passar a mensagem que tem TOC. Isto cabe aos pais e educadores na percepção de alguns traços incomuns para uma criança. Esses sinais podem ser dores de cabeça, dor de barriga, tristeza repentina e angústia. Aliás, o pequeno, ao sentir esses incômodos, pode ficar com medo de manifestar tal situação e ser reprimido pelos pais.

Tratamento

O tratamento do TOC é feito através de medicamento, psicoterapia comportamental e suporte escolar com profissionais capacitados.

7 Comentários
  1. Rose Mary dos Santos 2 meses atrás

    Estou fazendo Pos em Neuro me intresso por essses assuntos.

  2. Wilma Aparecida Aguilera 1 mês atrás

    Muito importante esses conhecimentos para poder ajudar nossas crianças.

  3. Fabiana Motta da Luz 1 mês atrás

    Adoro os textos ,pois tenho um aluno tdah e um autista.
    Estou aprendendo muito .

  4. Gilka 1 mês atrás

    Olá! Tenho apreciado muito o trabalho de vocês. Quero agradecer por dividir seus conhecimentos conosco. Tenho uma duvida: Como diferenciar tiques nervosos do TOC? Como ajudar uma criança com tiques nervosos? Desde já agradeço a atenção! Gilka

  5. Jucineide Silva Suares 1 mês atrás

    O conhecimento é a única ferramenta que temos para sairmos da ignorância. E esse curso esta sendo uma ferramenta multifuncional .

  6. ANA LUCIA FREIRE DE ANDRADE 1 mês atrás

    gostei muitissimo das cantribuiçoes! gostaria de continuar recebendo mais estudos e nomes de leituras importantes!

  7. maria albanita oliveira frota 4 semanas atrás

    Estou fazendo pós em psicopedagogia e desejo saber sobre TOC na infância

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2016 NeuroSaber todos os direitos reservados.

Desenvolvido por:  Agência Primage

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?