A importância da consciência fonológica na alfabetização

O ensino infantil é um marco na vida de todos nós, pois é o primeiro contato com a sistematização de signos que, tempos depois, vão simbolizar as palavras. Estas, por sua vez, representarão as coisas no mundo. Todo esse processo é complexo e envolve muitas nuances. A prática de determinadas técnicas influencia positivamente esse exercício. A consciência fonológica na alfabetização é atribuída a esse conjunto de conhecimento.

Afinal, qual a relação entre a consciência fonológica e a alfabetização?

Antes de mostrar aqui a correlação existente entre esses dois aspectos, é interessante enfocar a definição de cada uma delas para possibilitar o entendimento de nossos leitores.

– Alfabetização

A alfabetização pode ser entendida como um processo de aprendizagem a códigos alfabéticos de maneira oral. Esse grupo (de códigos alfabéticos) é caracterizado por mínimas unidades linguísticas e o que entendemos como sua correspondência no modo escrito. A transição do oral para a escrita está no fato de que aprender determinados códigos exige a transferência de unidades fônicas de um modo para outro (do oral para a escrita). Esse processo é a consciência fonológica.

– Consciência fonológica

A consciência fonológica é a habilidade que todos nós temos para lidar com a estrutura sonora da fala e trabalhar seus componentes estruturais. Além disso, vale ressaltar que ela permite também a possibilidade de pensar a linguagem como um objeto.

– A relação entre elas

Bom, depois de analisar os conceitos referentes a esses elementos em questão, podemos vislumbrar qual a importância da consciência fonológica na alfabetização. Como vocês puderam perceber, essa habilidade acontece de forma simultânea com outras e isso acaba por contribuir com o processo de aprendizagem do aluno. Para resumir, é válido afirmar que durante a alfabetização, quando conhecemos os sons das letras, sílabas e palavras, o aprendizado ocorre de maneira mais fluida e rápida.

A estrutura fonológica e a alfabetização: elementos para a consciência fonológica

Considerando o processo de alfabetização como um todo, temos a prerrogativa de analisar os vocábulos em letras e formas; sons e regras de correspondências. A partir disso, podemos afirmar que a estrutura fonológica da linguagem oral serve de base para o processamento fonológico.

Sendo assim, a consciência fonológica na alfabetização deve ocorrer por meio de estímulos. Esse exercício se dá através do desenvolvimento das habilidades trabalhadas, ou seja, da reflexão, identificação e da manipulação dos sons presentes em nossa língua. A criança deve perceber as palavras, as frases, as sílabas, os fonemas; ou seja, os componentes da fala tão importantes para o desenvolvimento dos pequenos.

Isso significa que os professores têm uma missão imprescindível para a aprendizagem dos estudantes a partir do conjunto de habilidades que são trabalhadas junto dos pequenos logo na educação infantil.  Além disso, os exercícios dados em sala de aula servem como grandes tarefas que visam a tal estímulo.

Que estratégias podem utilizadas para incentivar os pequenos?

A consciência fonológica na alfabetização exige que seja pensada de forma que vise a contribuir com o aprendizado da criança de maneira satisfatória. Isso significa que os educadores devem apostar no caráter lúdico das atividades, pois somente dessa maneira os pequenos podem aprimorar essas habilidades.

Existem algumas estratégias utilizadas por especialistas e que são excelentes para essa finalidade. Vale ressaltar que tais exercícios são recomendados por promover a compreensão das linguagens oral e escrita.

Um dos exercícios mais comuns é o que lida com as rimas. Essa atividade é muito boa para promover o início da consciência fonológica nas crianças, pois elas passarão a perceber as diferenças e as semelhanças entre as palavras a que terão contato ao longo do processo.

 

Compartilhe este artigo

Comments 2

  1. Boa noite! Sou professora e gostaria de fazer o curso da consciência fonológiva. Qual é o preço é e divide no cartão?

    1. Suporte Neurosaber

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *