A importância das brincadeiras no processo de ensino

Pais, mães e professores sabem como as crianças amam brincar. É pela brincadeira que elas aprendem sobre o mundo, usando a sua imaginação e desenvolvendo a criatividade. Saiba mais sobre a importância das brincadeiras no processo de ensino.

Brincar é muito importante para as crianças, principalmente para o seu processo de aprendizagem. Pesquisadores e educadores comprovam que o brincar ajuda a enriquecer o aprendizado e desenvolver habilidades importantes, como investigação, expressão, experimentação e trabalho em equipe.

As escolas que usam a brincadeira em suas estratégias de ensino, incentivam as crianças a aprender através do brincar, tornando essas experiências significativas. Conectar a brincadeira à aprendizagem passa por oferecer atividades lúdicas, que considerem a motivação da criança, até a criação de um ambiente seguro em sala de aula, onde elas possam experimentar.

A importância das brincadeiras na aprendizagem

As brincadeiras são significativas na aprendizagem, pois as crianças se tornam ativas no processo. No lugar de aprendizes passivos, no brincar, elas experimentam e assumem papéis, interagem com os colegas e professores, podem criar regras e aprender a respeitá-las.

No brincar, as crianças têm a oportunidade de trabalhar a cooperação, as regras e sentimentos como satisfação e frustração. Ludicamente, experimentam trocas e negociações de forma ativa e prazerosa que oferecem vários benefícios para o aprendizado.

As crianças aprendem brincando

Brincar é uma parte muito importante do processo de aprendizagem. As crianças aprendem através de experiências físicas, interações sociais, de seus próprios sentimentos e da imaginação. O brincar une as partes lógicas e criativas do cérebro.

Para as crianças pequenas, o brincar é geralmente uma atividade de corpo inteiro, o que ajuda a desenvolver habilidades importantes para toda a vida. Correr, dançar, rolar são atividades que desenvolvem a musculatura e as habilidades motoras. As crianças também desenvolvem a capacidade de pensar e lidar com suas emoções, ao usar a imaginação.

Pesquisadores afirmam que as crianças aprendem a regular suas emoções e a pensar antes de agir quando brincam. Por exemplo, se uma criança está fingindo ser um personagem de histórias infantis, ela realmente se entrega a esse papel e experimenta as ações e características como suas.

A importância das brincadeiras na sala de aula

O brincar ajuda as crianças a aprender e a se desenvolver. Os educadores infantis devem incluir as crianças na criação das regras da brincadeira ou atividade lúdica, assim como incentivá-las a fazer conexões com o mundo através do brincar.

Os professores podem planejar as suas estratégias de ensino de maneira divertida e flexível, com foco nos seus objetivos e na aprendizagem lúdica. Adotar abordagens que se baseiam no brincar, possibilita uma experiência educacional mais eficaz. 

Brincando, as crianças aprendem habilidades de pensamento crítico, de linguagem, expandem seu leque de conhecimentos e aumentam sua consciência social e emocional — sem perceber o quanto estão aprendendo.

O aprendizado através do jogo

A brincadeira é um componente essencial do aprendizado, pois oferece às crianças a chance de fazer perguntas, resolver problemas, trabalhar em colaboração e realizar experiências estruturadas. Uma maneira de os professores trazerem a brincadeira para a sala de aula é adotando uma abordagem baseada em jogos.

Por exemplo, ao ler um livro em voz alta, o professor pode incentivar os alunos a acompanhar a leitura, seguindo cada palavra com os dedos. Eles também podem pedir às crianças que conversem entre si sobre o conteúdo do livro e as associações que ele provoca. O objetivo é envolver a imaginação e o senso de curiosidade das crianças com perguntas.

Outra atividade lúdica importante é o teatro. Nas encenações, as crianças podem dar vida às histórias e têm a oportunidade de encenar cenas e se expressar. Isso melhora a habilidade de interação social, pois a criança tem a chance de experimentar diferentes papéis e perspectivas.

A importância das brincadeiras no processo de ensino

O brincar dá às crianças a chance de praticar o que estão aprendendo. Dessa forma, é importante que os professores possam ensinar às crianças que aprender não é apenas uma atividade formal, mas algo muito divertido! 

A importância das brincadeiras no processo de ensino se refere à possibilidade que elas oferecem às crianças de pensar, questionar, trabalhar em equipe, experimentar, brincar e investigar assuntos que lhes interessam. 

O envolvimento do professor é importante, pois é ele quem apoia as crianças em sua criatividade, as desafia a pensar e ajuda a se tornarem mais confiantes em suas habilidades de resolução de problemas.

As crianças aprendem brincando! Se você é professor, ajude o seu aluno a aprender a fazer perguntas, a se expressar, a colaborar com os outros e a assumir riscos criativos. Quando o aprendizado é divertido para as crianças, elas se mantêm curiosas e interessadas em aprender.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre a importância das brincadeiras no processo de ensino, compartilhe este artigo e ajude outros profissionais! 

 

Referências:

COTONHOTO, Larissy Alves; ROSSETTI, Claudia Broetto  e  MISSAWA, Daniela Dadalto Ambrozine. A importância do jogo e da brincadeira na prática pedagógica. Constr. psicopedag. [online]. 2019, vol.27, n.28 [citado  2020-06-29], pp. 37-47 .

Trettel, Ueisla & Batista, Eraldo. (2016). A IMPORTÂNCIA DA BRINCADEIRA NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM NA EDUCAÇAO INFANTIL. 4. 18-31.

Compartilhe este artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *