Dislexia: como estimular a leitura com jogos - NeuroSaber

Dislexia: como estimular a leitura com jogos

A dislexia é caracterizada como um transtorno específico de aprendizagem de origem neurobiológica. Um dos principais traços que podem ser percebidos é a dificuldade que a criança apresenta na fluência da palavra, no reconhecimento e decodificação dos vocábulos; troca de sílabas e até na hora de soletrá-las.

Isso significa que a leitura torna-se um verdadeiro desafio na vida do pequeno e que a ajuda de pais e profissionais é primordial para que haja desenvolvimentos. Contudo, além de amor e dedicação, as crianças podem contar também com determinados jogos para estimular a leitura.

Jogos que podem ser dados em casa ou na escola

Há muitas formas para se trabalhar a dificuldade de leitura. Entre jogos eletrônicos e outros mais acessíveis, o acesso da criança aos conteúdos sempre deve ser acompanhado por um adulto.

Há atividades que, com total aspecto lúdico, são eficazes para que educadores e pais desenvolvam a habilidade do pequeno. Veja a seguir alguns deles e como podem ser úteis para a educação dos alunos.

Brincadeira de criança é coisa séria

Você já imaginou que muitas brincadeiras dadas em sua infância são eficazes para ajudar na diminuição da dislexia de uma pessoa? É isso mesmo. A forca, por exemplo, é uma delas.

– Forca
Essa brincadeira/jogo é ideal para que a criança trabalhe a questão da formação das palavras, o uso adequado das sílabas e a colocação das letras em cada lugar.

– Caça-palavras
O jogo é muito bom para quem deseja estimular a memorização da criança em relação às palavras, além de ajudá-la na identificação das sílabas que formam os vocábulos.

– Baú de sílabas
Esse jogo consiste em reunir sílabas separadas em uma caixinha. À medida que a criança retirar as partes, ela terá que formar palavras e criar frases pequenas. Além de estimular a leitura, o adulto também poderá trabalhar com o pequeno as habilidades apresentadas.

Jogos eletrônicos também podem estimular a leitura

Crianças com dislexia encontram em aplicativos para smartphones e tablets algumas opções que ajudam bastante na leitura e compreensão das palavras.

– Aramumo
O jogo consiste em apresentar à criança um áudio com conjunto de palavras. Depois ela deve arrastar as sílabas, presente em bolhas flutuantes, para sua posição correta no esquema de caça-palavras na interface do próprio aplicativo. Através da brincadeira, o pequeno pode desenvolver a leitura e a pronúncia.

– EduPaint
O EduPaint tem o formato de um livro de colorir. O jogo conta com quase 20 opções de atividades cognitivas e que são responsáveis pelo estímulo de determinadas habilidades: sequência do alfabeto, utilização correta de letras minúsculas e maiúsculas, entre outras. Além disso, o EduPaint também trabalha com a dificuldade em questões que envolvem números, porque a dislexia também influencia na compreensão dos algarismos.

Importância do diagnóstico

Sempre é bom relembrar a todos como o diagnóstico correto é eficaz. Entretanto, é preciso seguir as orientações profissionais para que o caso da criança seja devidamente avaliado e acompanhado de perto para oferecer a ela maior qualidade de vida.

1 Comentário
  1. ARLETE OLIVEIRA 2 meses atrás

    MA-RA-VI-LHO-SO! Muito obrigada, me ajudou muito. Espero conseguir realizar um ótimo trabalho com os estudos que estou realizando com vocês. Sou professora no Colégio de Aplicação da Universidade Federal do Acre, tenho vivenciado com alunos que apresentam as características discutidas nas vídeo aulas. Agora vejo a luz no fim do túnel. Vou colocar em prática esse conhecimento. Um abraço.

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

CONTACT US

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Enviando

2015 / 2017 Neuro Saber. Todos os direitos reservados.

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?