TDAH e Problemas de Aprendizagem - NeuroSaber

TDAH e Problemas de Aprendizagem

É muito comum que as pessoas confundam o Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) e os problemas de aprendizagem. Na verdade, ambos podem interferir no desempenho escolar da criança. O detalhe é quando querem colocar as duas condições no mesmo lugar, sendo que o TDAH e os problemas de aprendizagem têm causas distintas.

Contudo, é válido ressaltar que, embora os dois não tenham a mesma causa, as crianças podem apresentar os dois. Veja abaixo como o TDAH e os problemas de aprendizagem são diferentes.

TDAH

O TDAH é um transtorno neurobiológico e de causas genéticas. Ele aparece na fase infantil e pode durar até a vida adulta. Quando não é devidamente tratado, o TDAH pode abrir portas para comorbidades, como o TOD (Transtorno Opositivo Desafiador).

Outra consequência é que o TDAH na juventude está associado a um número considerável de evasão escolar, abuso de bebidas alcoólicas e outras drogas. Além disso, com o desempenho escolar prejudicado, a pessoa tende a não atingir as expectativas das notas dos exercícios.

As características do TDAH são inquietude, desatenção e comportamentos de impulsividade. Isso em se tratando de meninos (que respondem pela maioria). Já em meninas, o transtorno é mais notado pela apatia e consequente introspecção.

Tratamento – TDAH

O tratamento de uma pessoa com TDAH deve ser feito o quanto antes, sobretudo na infância. A equipe deve ser multidisciplinar e, sob orientação profissional, o uso de alguns medicamentos pode ser ministrado até que a situação da criança e do adolescente melhore.

O papel da escola também é importante para integralizar o aluno com TDAH aos demais colegas, e com o conteúdo dado em sala de aula.

Problemas de aprendizagem

Já os problemas de aprendizagem estão relacionados à dificuldade do aluno com alguma função na vida escolar. Mas é importante salientar que isso não é causado pelo aspecto da educação, como alguém que tenha dificuldade de resolver aquela operação matemática. É bem diferente.

Esses problemas de aprendizagem têm causas na atividade cerebral e são, erroneamente, minimizadas por muitos profissionais da educação. Alguns deles são bem conhecidos, tamanho o destaque que muitos veículos de comunicação têm dado a cada um deles. A criação de blogs pessoais, especialistas e portais favorece muito a divulgação de informações. Veja os principais abaixo.

Disgrafia: dificuldade na escrita que engloba também erros de ortografia e outras situações como troca e omissão de letras.
Discalculia: dificuldade de cálculos que impede o aluno de realizar operações matemáticas e identificar a função dos sinais.
Dislexia: dificuldade consideravelmente comum em que as pessoas não conseguem realizar uma leitura.
Dislalia: dificuldade na fala caracterizada também por alterações da formação normal dos chamados órgãos fonadores, o que impede a criação de determinados sons.

Tratamento – problemas de aprendizagem

Os casos que envolvem problemas de aprendizagem devem ser avaliados de perto por profissionais da saúde. Entretanto, a presença dos professores é indispensável para orientar o aluno e levá-lo a um progresso bastante considerável.

Vale lembrar que o profissional da educação é um importante aliado na identificação desses casos, pois ele pode analisar o desempenho dos alunos e, assim, comunicar aos pais sobre a situação de seus filhos.

56 Comentários
  1. Vanilda Aparecida Assis da Rocha 7 meses atrás

    É importante que os profissionais da educação busque formação e informação sobre o TDAH e Problemas de aprendizagem, para atender melhor as necessidades do aluno.

    • NeuroSaber 7 meses atrás

      Com certeza Vanilda!

  2. nancy Gouvea Chagas 7 meses atrás

    Como fazer quando vc só descobre que seu filho é TDAH depois de moço? Após uma trajetória de tanto sofrimento, ainda há chance de recuperação? Ele estuda é esforçado, mas tem dificuldade de organização em muitas áreas.Devo orientá-loa procurar um psiquiátra para uma orientação?

    • NeuroSaber 7 meses atrás

      Sim Nancy! ele deve ser avaliado um profissional especializado para uma melhor qualidade de vida.

  3. San 7 meses atrás

    Meu filho tem 20 anos e des dos 5 faz tratamento com neurologista ele tem muita dificuldade para aprender
    Ele ainda não ler conhece todas as letras e sílabas mais não consegue juntar pra ler toma a medicação Gabalom
    Mim ajudem já não sei mais o q fazer ele gosta de ir a escola
    E é calmo

    • NeuroSaber 7 meses atrás

      San! voce não especifica o diagnostico de seu filho mas com certeza ele não está tendo um acompamhamento correto pois se reconhece todas as letras e silabas e não consegue junta-las , é necessario que seja utilizado um metodo fonico que facilite essa compreeensão.No site da neurosaber voce encontrará mais informaçoes sobre dificuldades de alfabetização que poderão ajuda-lo.

      • Elizangela 6 meses atrás

        Meu filho com diagnóstico de TDHA reconhecia todas as letras porém tb não as juntava, parei de trabalhar para me dedicar a ele e como estudante de pedagogia usei o método fônico para ajuda-lo, hoje ele já lê e faz provas sozinho! Para quem não tem boas condições financeiras fica difícil ter fonaudiologa e psicóloga para ajudar.

        • NeuroSaber 6 meses atrás

          Parabens Elisangela! conseguiu ajuda-lo e sei que uma terapia particular nem sempre é possivel , mas procure se ainda achar necessario dentro do seu municipio ou mesmo pelo SUS.Abraços

        • NeuroSaber 6 meses atrás

          Parabens Elisangela! voce conseguiu ajuda-lo com a sua experiencia e procure se ainda achar necessario, em sua cidade talvez no municipio voce consiga um atendimento para seu filho.

        • NeuroSaber 6 meses atrás

          Ola Elisangela! vejo que com seu esforço e conhecimento o ajudou muito.Parabens!

  4. Waleska Paixão 6 meses atrás

    O déficit atencional é um dos sintomas do TDAH do tipo desatento que interfere diretamente no processo de aprendizagem da criança. Como podemos considerar isso?

    • NeuroSaber 6 meses atrás

      Waleska! a dificuldade em manter a atenção sustentada vai interferir muito na aprendizagem pois a concentração fica comprometida.

  5. Luciane 6 meses atrás

    Olá boa tarde meu filho tem 9 anos tem decifit de atenção e faz tratamento com o Ritalina. Começou a tomar esse remédio com 8 anos que descobri e então tem aulas particulares. Até então com o remédio e as aulas particulares está tendo um bom resultado. Mais será que estou no caminho certo

    • NeuroSaber 6 meses atrás

      Luciane! se as respostas estão sendo positivas isso quer dizer que sim.Portanto o acompanhamento com o profissional que acompanha seu filho é imprescindivel para estar avaliando o tratamento.

  6. Lilian 6 meses atrás

    No caso da minha filha ela tem o tdah e sera q ela tem algum direito ao inss?

    • NeuroSaber 6 meses atrás

      Lilian, se sua filha tem o laudo, voce pode procurar o CRAS de sua cidade e se informar sobre o BPC ( Beneficio de Prestação Continuada) que eles te darão maiores informaços.Abraços

  7. Rosemary Calazans Lopes 6 meses atrás

    A família rejeita a criança com TDAH, causando baixa autoestima. Seria interessante que a questão fosse mais divulgada nos meios de comunicação de massa e que o projeto de lei que está desde 2010, parado na CCJC, em Brasília, fosse desengavetado e aprovado, grarantindo direitos a esses alunos e dando sossego aos pais na relação, as vezes, muito difícil, com a escola.

    • NeuroSaber 6 meses atrás

      Rosemary! a familia tem um papel importantissimo para que essa criança tenha um acompanhamento medico, psicologico e com demais profissionais necessarios. A escola por sua vez tem o dever, por direito adquirido pela Lei da Inclusão, em receber esse aluno e desenvolver um trabalho pedagogico adequado.Somente poderemos fazer cumprir tudo isso atraves da informação.

  8. Sonia 6 meses atrás

    Foi muito esclarecedor o que foi informado sobre TDAH,no entanto como o professor deve proceder com uma criança diagnosticada comTDAH e que não consegue escrever e é totalmente desinteressada em relação aos estudos e alheia ao ambin te que a cerca.me ajude.

    • NeuroSaber 6 meses atrás

      Ola Sonia! entendendo sua preocupação indico que assista as aulas especificas para esse assunto no site e no canal da Neurosaber no youtube.Abraços

  9. eliene farinha 6 meses atrás

    Sou mãe de 2 autista, o Davi é muito imperativo e tem muita dificuldade de aprendizagem, tenho muitas outras dificuldades como, tipo dorme mal, se alimenta mal.

    • NeuroSaber 6 meses atrás

      Ola Eliene! essas dificuldades são caracteristicas do transtorno,mas podem ser amenizadas e para isso é necessario que o profissional que o acompanha possa estar intervindo e os pais tenham conhecimentos direcionados para uma ação eficaz com seus filhos. Voce terá varias informaçoes no youtube no canal da Neurosaber “Entendendo Autismo”.Todos os domingos o Dr. Clay Brites faz uma neurolive às 21h abordando um tema relacionado ao autismo.Acompanhe!

  10. Luciana 6 meses atrás

    Meu filho tem dificuldades em ler einterpretar mais por isso está atrasado mais consegue fazer sempre metade das provas ou mais certo por faltpa da leitura por isso não termina tudo tem 13 anos foi para o 8 ano a laico pedagoga que que tome ritalina mais eu não estou dando será que estou fazendo certo ?????

    • NeuroSaber 6 meses atrás

      Isabel é necessario voce conversar com a medica que o acompanha e dizer o efeito do remedio na sua filha.E somente ela ou outro profissional avaliando sua filha pode ajustar a medicação.

  11. Daiza 6 meses atrás

    Gente adoro essa página, sou estagiária na rede de ensino fundamental e me ajudou e ajuda muito a lidar com crianças com esses transtornos, vejo q mts professores tratam TDH ou iperatividade como indiciplina onde acarreta vários outros problemas….

  12. valdelia 6 meses atrás

    Meu neto 7 anos ainda n tem o diagnóstico concluído. Supomos tdah pela sua impulsividade. Ancioso. Porém sem nenhuma dificuldade cm a aprendizagem. Me ajudem!

    • NeuroSaber 6 meses atrás

      Valdelia! é necessario que o diagnostico seja concluido.Não tem como opinar sem conhecer o historico da criança, portanto somente quem o está avaliando poderá faze-lo.

  13. Isabel cristina montroni 6 meses atrás

    tenho uma filha com 10 anos e diagnosticada com tdha e memória fraca pois o exame com .neuropisicologa disse quê o qi deu baixo em relação ao exame de 2015 fiz um em 2017 com este resultado estou muito confusa pois vou tentar na justiça um tutor segundo os progissionais da areamande uma resposta logo porque estou muito preocupada. a medica vai entrar com meio ve nva nse de30 porquê faz mal e não tem tido muito resultado embora ja tomu ritalina a longo prazo de 10 e não faz mas efeito na concentração

  14. Bruna 6 meses atrás

    Meu filho tem 6 anos, a professoara já tinha mim falado que ele tinha algum problema, pois não conseguia aprender. Ele escreve perfeitamente más. Não conhece as letras nem os números, cheguei a levar ele pro neuro, más ela mim falou que queria uma avaliação com psicopedagoga. O. Que eu faço mim ajude?

    • NeuroSaber 6 meses atrás

      Bruna sempre é importante uma avaliação multidisciplinar portanto o neuro fez certo em pedir mais uma avaliação psicopedagogica.

  15. Valdene 6 meses atrás

    Ola boa noite! meu filho vai fazer 12 anos e ñ consegue ler nem reconhecer as letras e números mais cópia c tde procura copiar sempre bem bonito mais ñ reconhece. foi diagnosticado TDAH, TOD,F80.1 Dislexia ele vei falar ja tinha 5 1/2 hoje já da p entender o q ele mais ainda ñ consegue pronunciar várias palavras , o mais incrível q ele consegue lembrar de coisas do tempo q ele ñ falava. ñ reconhe valor em dinheiro, faço o tratamento dele na Pestalozzi . pergunta será q um dia ele vai conseguir a ser uma pessoa normal, fisicamente ele ñ tem é muito lindo por sinal.eu gostaria de saber como eu posso ajudá-lo mais pois ele e muito inteligente carinhoso meu companheiro ele é muito familia e fala em casar e ter filhos, os supostos filhos podem nascer c os mesmo problemas? me ajude por favor.obrigada

    • NeuroSaber 6 meses atrás

      Valdene! pelo seu relato ele faz acompanhamento e somente quem o conhece, avalia , vê seus progressos é que poderá responder e fazer um prognostico.

  16. Eduardo 6 meses atrás

    Pessoal preciso de ajuda como devo proceder, meu filho foi diagnosticado com TDAH ele tem 4 anos, porém não temos dificuldade em relação a hiperatividade. Ele tem dificuldades na fala, levamos ao fono e disse q era normal para a idade, em relacao a aprendizagem ele tem dificuldades troca as letras e numeros. No inicio a escola achava q dávamos superprotecao. Ja o neuro passou dois medicamentos neuleptil e risperidon evoluiu mt na escola depois da medicação, mais gostaríamos de saber se podemos fazer mais alguma coisa, nos sentimos perdidos, sem saber o q fazer e temos muitas dúvidas que os profissionais que acompanham ele nao consegue esclarecer. Ele ja fala muita coisa, mais ele vai falar normal? Ele vai conseguir ler, escrever, entender. Pessoal nos ajudem seguem meu email [email protected]
    Nao queremos perder tempo em ajudá-lo.

    • Ana Paula 6 meses atrás

      Meu filho completou 5 anos e desde os 3 anos está fazendo tratamento com a fonoaudióloga já está formando frases, acredito que temos que dar tempo ao tempo para ir analisando as suas conquistas.
      Começou a tomar ritalina no período que vai a escola e o Rispiridona a noite para ajudá lo a dormir e quando saio para que reduza a ansiedade também.
      Está sendo acompanhado por uma Neurologista e comecei com uma Psicóloga.
      Na escola levo um atestado dá Neurologista e uma declaração dá fonoaudióloga e Psicóloga.Assim consegui que ele fosse analisado de forma diferente tendo mais tempo de prova e verificando suas conquistas.
      É uma luta incansável para o bem de nossos filhos.

    • Regina 6 meses atrás

      Ola Eduardo,

      O ideal é você buscar outros profissionais como fonaudiologos, psicopedagogos entre outros, eles poderão avaliar e poder orientar melhor ok?

  17. Vivian Barbosa 6 meses atrás

    Meu filho tem 8 anos tem o TDAH e apesar disso consegue tirar boas notas, no entanto, não consegue completar atividades de longo prazo ou que sejam repetitivas. Tem um sono muito agitado, inclusive por diversas vezes tem sonambulismo e tenho medo de que ele se machuque.
    Leva em média 1h30min para comer uma refeição ou mais..(Mas já foi pior) e sempre escuro, não deixa ele almoçar perto da televisão ou isso ou aquilo, mas não adianta…
    É muito difícil lidar com o TDAH, por vezes me desespero.
    O médico havia receitado ritalina mas tive receio de dar e após um ano, vou me render aos medicamentos.
    Fico triste, mas espero que isso possa ajuda-lo!

  18. Priscila Elizabeth 6 meses atrás

    Eu não sabia nada sobre TDAH é por orientação dá escola fui fazer exames no meu filho que foi diagnosticado,mais.depois disso a escola não me ajudou em nada!! Como a neuro não passou remédio eles não deram a atenção que ele tem direito . Na verdade acho que os professores não estão preparados para o problema.

  19. Amélia Regina Tavares 6 meses atrás

    Sempre bom ,gosto muito das experiências e,, compartilho com família e amigos!!!

    • NeuroSaber 6 meses atrás

      Isabel é necessario voce conversar com a medica que o acompanha e dizer o efeito do remedio na sua filha.E somente ela ou outro profissional avaliando sua filha pode ajustar a medicação.

  20. Adriele Luana Moura Bezerra 6 meses atrás

    Meu filho já consegue ler mais não gosta então passa muito tempo pra ler uma pagina e sempre com raiva pq não gosta ele tem TDAH as vezes não sei o que fazer.

    • NeuroSaber 6 meses atrás

      Adriele a leitura deve ser estimulada, ser um momento prazeroso e de interesse da criança.No THAH funciona tambem a recompensa.

    • NeuroSaber 6 meses atrás

      Adriele o momento da leitura sempre é dificil por isso deve ser do interesse dele,num momento em que ele esteja mais calmo e tambem a recompensa pode estimula´lo a ler.

  21. Kelle 6 meses atrás

    Meu filho tem 3 anos, ele tem acompanhamento com a neuropediatra no HCB, ela deu encaminhamento pra psicóloga dizendo ter TDAH, mais pra mim ela disse q so pode dar o diagnóstico com 6 anos e que si pode dizer que tudo indica ser… passou alguns remédios com efeito colateral dar sono e nenhum resolveu (ele dorme 4 hrs por noite e não dorme de dia desde de 2 meses de vida), agora ela passou Neuleptil 1% 6 gotas, ele rói as unhas de sangrar, arruma brincadeira no castigo, não obedece comandos, não consegue ficar quetinho e nem concentrar por mais de 2 minutos em qualquer coisa… o pior que ninguém consegue ficar com ele, pois ele não para…impossível sair em lugar público (ele não dá birra, mais sai correndo) é td roxo de cair e nem chora, já levou ponto na cabeça e não chorou, só a sutura que ele deu trabalho pq não queria ficar parado. Enfim queria saber se com esse papel encaminhamento pra psicóloga dizendo o TDAH eu consigo auxílio no CRAS ? Pq ele tem tem asma aguda e ataca direto e muitas vezes ñ tem médico na rede pública. Tô acompanhando a página pra ajudar ele, pq ele sofre dizendo que não consegue coisas básicas, tipo organizar os brinquedos e essa indiferença das pessoas que acham que ê mal criação, é triste ver a rejeição.

    • NeuroSaber 6 meses atrás

      Ola Kelle! voce coloca varias situaçoes que necessitam serem revistas com o profissional que o acompanha.Mas voce poderá procurar sim o CRAS de sua cidade para maiores informaçoes.

  22. Roseli Pereira marcher 6 meses atrás

    Meu filho foi diagnosticado com tda porque ele não é imperativo é o contrário dei Ritalina por alguns meses passei ele no psiquiatra assim que mudei de cidade o diagnóstico dele foi nas clínicas em são Paulo onde passaram a Ritalina agora moro em porto alegre aqui o psiquiatra falou que com o remédio todos ficam bem até quem não tem nada que devia parar pra ver como ele ia reagir então parei ele tem 19 anos mas vejo que ele foge de fazer o Enem na escola passou com notas muito baixas os últimos anos ele não trabalha me parece que ele foge disto também isto e normal

  23. Caline 6 meses atrás

    Boa tarde
    Eu, Caline sou educadora de um aluno que apresenta ter autismo. Fui além da história de vida do mesmo e percebendo fui juntando as peças do quebra cabeça rejeiçao do pai a mãe desconta tudo que acontece de ruim sobre a criança reação é choro ou isolamento. Tem muita dificuldade na aprendizagem dorme em sala de aula sensivel ou mesmo tempo amoroso mais é bom é matemática. Será somente autismo? Já pedir a mãe para leva lo no especialista.

  24. Cinara Teresinha da Silva 6 meses atrás

    Olá pessoal meu nome é Cinara e acabei de concluir o curso de pedagogia, minha formatura é agora em março. Trabalho em uma escola de periferia, mas não como professora e sim zeladora, tendo contato direto com as crianças, já que cuido dá segurança delas durante o recreio. Em nossa escola temos muitos casos de TDAH, por isso me interesso pelo assunto, também tenho contato com as crianças e é importante pra mim saber como lidar com elas, sei que às vezes há casos em que as crianças são mal educadas, tem uma dica de como podemos identificar esses casos?
    Me interesso muito pelo assunto, até já me inscrevi em uma pós graduação deNeurociências aplicada a Educaçãopara entender melhor essas dificuldades. Obrigado por essa oportunidade que estão nos dando abordando o assunto de maneira tão clara.

  25. Cinara Teresinha da Silva 6 meses atrás

    Olá pessoal meu nome é Cinara e acabei de concluir o curso de pedagogia, minha formatura é agora em março. Trabalho em uma escola de periferia, mas não como professora e sim zeladora, tendo contato direto com as crianças, já que cuido dá segurança delas durante o recreio. Em nossa escola temos muitos casos de TDAH, por isso me interesso pelo assunto, também tenho contato com as crianças e é importante pra mim saber como lidar com elas e ajuda-las em suas dificuldade, sei tambem que há casos em que as crianças com TDAH são confundidas com crianças mal educadas, vocês têm alguma dica de como podemos identificar esses casos?
    Me interesso muito pelo assunto, até já me inscrevi em uma pós graduação deNeurociências aplicada a Educaçãopara entender melhor essas dificuldades. Obrigado por essa oportunidade que estão nos dando abordando o assunto de maneira tão clara.

  26. Leda Ferreira 6 meses atrás

    Como professora da rede pública gostaria de sinalizar que tais problemas não são “minimizados” pelo professor. O que se passa é que as políticas educacionais não dão suporte, negligenciando nossos apelos. Não raro a família também se isenta de fazer sua parte.

    • NeuroSaber 6 meses atrás

      Leda! obrigada pelas suas colocaçoes.

  27. Andresa 6 meses atrás

    Olá, meu nome é Andresa. Tenho um filho com 7 anos. Que em 2014. Teve um laudo de um psiquiatra que seria portador de TDAH. No colégio tirava Boas notas. Mais ainda não aprendeu a ler. Esta no terceiro ano e mudei de colégio. Mais a diretora me sugeriu voltar ele para o primeiro ano. O que devo fazer? Acho que ele vai se sentir inferior..

    • NeuroSaber 6 meses atrás

      Andresa! voce relata que ele tirava notas boas e ao mesmo tempo não aprendeu a ler. Uma avaliação poderá ajuda-lo para saber se é o metodo pedagogico ou alguma outra dificuldade que está presente.A questão de voltar ele numa serie anterior deve ser decidida com um profissional qualificado como neuropediatra, fonoaudiologa e outros que for necessario.

  28. NeuroSaber 6 meses atrás

    ok!

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

CONTACT US

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Enviando

2015 / 2017 Neuro Saber. Todos os direitos reservados.

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?