Atuação do Fonoaudiólogo no processo de aprendizagem

O papel do profissional de fonoaudiologia vai além de trabalhar com a entonação de voz de uma pessoa. A importância reside em outros vários aspectos, que abrangem todos os caminhos que lidam com a fala, a audição e a escrita. O processo de aprendizagem é uma etapa de profunda relevância na vida de um indivíduo, sendo que a infância é a fase mais determinante e decisiva.

É muito comum, no entanto, que crianças apresentem algum sinal que necessite de um acompanhamento profissional. Mas para se chegar a esse quadro, é preciso que pais e professores possam notar as dificuldades (que relacionam a fluência da fala e a capacidade da audição) mostradas pelo pequeno.

A partir da comunicação pais-educadores, é aconselhável que as partes cheguem ao consenso de que o fonoaudiólogo terá toda a metodologia indicada e ofereça a solução tão desejada em prol da criança.

Como é o trabalho do fonoaudiólogo no processo de aprendizagem?

A resposta da pergunta que norteia este artigo não é difícil, mas requer um espaço para que o passo-a-passo seja devidamente exposto. Vale adiantar, no entanto, que a função exercida pelo fonoaudiólogo é completamente multidisciplinar, sendo que ele é responsável por dar as coordenadas aos demais especialistas (principalmente por estar por dentro da demanda do paciente).

O fono é responsável por traçar, junto com as diretrizes da equipe pedagógica, exercícios que trabalhem a oralidade. Sendo assim, o profissional utiliza materiais gráficos para estimular a leitura e, assim, analisar os problemas apresentados pela criança.

Outro fator importante é a associação das funções do fonoaudiólogo ao planejamento escolar, sendo que a comunicação do estudante é um detalhe primordial de todo o processo pedagógico. Contudo, esses profissionais não pertencem à área pedagógica, mas representam uma importante parceria na proposição de soluções que visem dar à criança melhores resultados em sua linguagem.

O fonoaudiólogo procura exercer suas atividades por meio de técnicas que envolvem o aspecto lúdico, como textos próprios para a infância e até jogos que estimulem a fala do pequeno. Vale ressaltar que o profissional de fono também pode utilizar exercícios que ajam diretamente na musculatura que estejam ligados à fala e à audição.

Quando o fonoaudiólogo estabelece uma determinada comunicação com a escola, o trabalho tende a ficar completo. Isso acontece, pois, junto com a equipe pedagógica, ambas as partes podem desempenhar metodologias que compreendam aspectos importantes no processo de aprendizagem, como a alfabetização. Cada um em sua devida área de atuação.

Em casos mais extremos, é de grande relevância que o profissional conte também a ajuda de psicólogos para ajudar na identificação dos problemas que afligem a criança. Esses episódios podem envolver gagueira, bloqueio de comunicação ou qualquer outra alteração na fala.

Há que se ressaltar outras funções que o profissional de fonoaudiologia também exerce junto a escolas:

  • Promover análises no contexto escolar para proporcionar sondagens na escrita em grupo e observar estratégias junto aos professores;
  • Atuar no processo de inclusão escolar de alunos que apresentem necessidades pedagógicas especiais;
  • Ajudar na elaboração de técnicas que ofereçam ao estudante uma experiência satisfatória diante do medo de se comunicar de forma efetiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *