Hiperlexia: como melhorar a compreensão em crianças

Você sabe o que é hiperlexia? A capacidade de ler precocemente ocorre com atrasos na linguagem oral. Descubra como melhorar a compreensão em crianças com hiperlexia.

A principal característica da hiperlexia é a capacidade precoce de ler, que acontece a partir do 18.º mês de vida. No entanto, o que parece ser sinal de muita inteligência, tem outros sintomas como atraso na linguagem oral e pode estar associado a um transtorno do desenvolvimento, como o autismo.

Embora muitas crianças com hiperlexia manifestem a habilidade da leitura por volta dos dois anos, os sintomas podem aparecer até os cinco anos. Vale lembrar que é uma aquisição espontânea, acontece sem que a criança tenha recebido instrução formal.

Como dissemos, o que parece ser um ótimo sinal para a aprendizagem da criança, pode ser motivo para buscar uma ajuda profissional. Isso porque a criança com hiperlexia consegue ler precocemente, mas encontra muita dificuldade na linguagem oral e até mesmo na interação social. 

Veja nesse artigo, como melhorar a compreensão em crianças com hiperlexia.

O que é hiperlexia

Já ficou claro que a principal característica da hiperlexia é a habilidade de leitura precoce, que acontece por volta dos dois anos. No entanto, outros sintomas podem se manifestar, principalmente quando a hiperlexia estiver associada a um transtorno do desenvolvimento, tais como:

  • déficit na linguagem oral,
  • boa memória;
  • ecolalia;
  • dificuldade em compreender o contexto verbal.

A habilidade de ler precocemente, presente nas crianças com hiperlexia, acontece em um momento onde outras crianças ainda estão aprendendo a pronunciar palavras como “mamãe” e “papai”. 

Ainda que a criança com hiperlexia consiga identificar as palavras escritas, ela tem dificuldade na comunicação oral. A leitura acontece de forma mecânica, ou seja, ela pode ler, mas não compreende a mensagem do que está escrito.

Outro sintoma da hiperlexia é a dificuldade de interação social, de se relacionar com outras crianças da mesma idade. A limitação na linguagem oral, ou seja, a dificuldade para se expressar e receber mensagens dos outros, acaba causando um isolamento.

É muito comum que as crianças com hiperlexia valorizem rotinas e tenham dificuldade quando expostas a situações e ambientes novos. Podem não se comportar muito bem quando contrariadas e serem mais distraídas, focando atenção apenas em atividades que sejam do seu interesse.

Diagnóstico de hiperlexia e associação com outros transtornos do desenvolvimento

Como dissemos, a hiperlexia pode estar associada a outros transtornos, como o autismo. O diagnóstico é fundamental para entender quais as melhores intervenções para melhorar a compreensão em crianças com hiperlexia.

Existem três tipos de hiperlexia. Conheça cada um deles:

Tipo 1 

A hiperlexia tipo 1 engloba as crianças que adquirem a capacidade de ler precocemente, porque querem agradar seus pais. Ela memorizam as palavras e realizam a leitura, geralmente entre dois e quatro anos. Ela não apresentam outras características de transtornos do desenvolvimento e não precisam receber tratamento, pois se trata de uma facilidade e não de um distúrbio.

Tipo 2

As crianças com hiperlexia tipo 2, apresentam a habilidade precoce de ler, mas como sintoma associado ao autismo. Elas têm muita facilidade para ler e memorizar o que leram, assim como para outras habilidades, como fazer cálculos. A intervenção terapêutica é fundamental para as crianças com hiperlexia tipo 2.

Tipo 3

As crianças com hiperlexia tipo 3 apresentam comportamentos e sintomas parecidos ao do TEA — Transtorno de Espectro Autista. No entanto, essas características desaparecem. Elas adquirem a capacidade de ler precocemente, têm boa memória, mas apresentam dificuldades na linguagem oral.

O diagnóstico precoce é muito importante, pois quanto antes começar o tratamento, melhor a criança vai poder desenvolver habilidades de comunicação e socialização. Veja como melhorar a compreensão em crianças com hiperlexia.

Como melhorar a compreensão em crianças com hiperlexia

Após realizado o diagnóstico de hiperlexia na criança, assim como a presença ou ausência de outros transtornos, será preciso contar com o apoio de uma equipe multidisciplinar. Dessa forma, pode-se garantir que diversos aspectos do desenvolvimento da criança sejam trabalhados, em casa e na escola.

Dentre os profissionais que trabalham com a criança, o fonoaudiólogo é um dos mais importantes. Isso porque o foco das suas intervenções está na linguagem oral, ponto onde as crianças com hiperlexia tem maior defasagem. 

As intervenções na escola são muito importantes para a inserção social da criança e sua aprendizagem. É recomendado que elas frequentem as turmas regulares, dentro de sua faixa etária. Ela poderá desenvolver a fala em contato com os colegas da mesma idade, que já têm essa habilidade desenvolvida.

Em casa, os pais ou pessoas que cuidem da criança, podem fazer atividades encaminhadas pelos profissionais. Tudo pode ser feito de forma lúdica, em tom de brincadeira, para que a criança possa se desenvolver brincando.

Aproveitar dos recursos oferecidos pela tecnologia também é uma ótima dica. Como as crianças com hiperlexia têm um estímulo visual aguçado, costumam se atrair por dispositivos eletrônicos. Existem muitos jogos educativos que trabalham habilidades que ela precisa desenvolver.

Agora que você já sabe como melhorar a compreensão em crianças com hiperlexia, compartilhe este artigo nas suas redes sociais e ajude outras pessoas!

 

Referências:

Habilidades de leitura em crianças com diagnóstico de hiperlexia: relato de caso. Dionísia Aparecida Cusin Lamônica, Mariana Germano Gejão, Lívia Maria do Prado, Amanda Tragueta Ferreira. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/codas/v25n4/16.pdf

Compartilhe este artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *