O que é Grafomotricidade?

Vocês sabem o que é grafomotricidade? Embora essa expressão não faça parte do vocabulário de muitas pessoas, esse conjunto de habilidades está intimamente ligado à vida de todos nós e é justamente na infância que essa prática deve ser introduzida.

A grafomotricidade é responsável por constituir um grupo de funções neurológicas e musculares que dão a possibilidade aos movimentos motores na escrita, assim como em outros registros gráficos que praticamos em nossa vida. Além disso, a grafomotricidade está ligada à praxia fina, responsável pelo uso dos pequenos músculos das mãos (muito importante para a escrita, o manuseio de tesouras, etc.).

Coordenação motora: o complemento essencial para a grafomotricidade

A coordenação motora, sobretudo a fina, é elementar para o aprimoramento da grafomotricidade da criança. No entanto, é preciso salientar que o treinamento é essencial para que os resultados positivos sejam obtidos. Em artigo anterior, a Neurosaber providenciou duas dicas importantes, vejam quais são:

– Primeira dica: é imprescindível nunca começar a trabalhar a coordenação motora com as mãos. A resposta é que antes de tudo vem a consciência corporal da criança. É interessante que se trabalhe tal esquema para que o pequeno conheça a força de seu corpo. Vale salientar que expressar o próprio corpo influencia a escrita. É tudo muito organizado neurologicamente.

– Segunda dica: trabalhar o tônus é fundamental para que haja a facilidade na hora da escrita. Lembrando que na escrita há dois mecanismos muito importantes: a pressão e a preensão. Esses dois aspectos são muito válidos para que a criança consiga ter a firmeza nas mãos na hora de desenvolver a sua escrita.

Aprendendo a grafomotricidade na escola

É sempre bom lembrar que a grafomotricidade deve ser introduzida na vida da criança a partir do nível sensorial, nível integrativo, nível expressivo e nível perceptivo. Vale ressaltar que a grafomotricidade perpassa por esse processo de construção e desenvolvimento gradual até que a criança chegue à escrita de fato. Assim como falado anteriormente, o treinamento bem elaborado é a melhor maneira de treinar essa habilidade nos alunos.

Liberdade para desenvolver habilidades

O que muitos devem ter em mente é que a grafomotricidade depende de um detalhe muito importante, já que até os 3 anos de idade a criança não deve ser obrigada a absolutamente nada. Isso significa que o pequeno precisa ser livre para desenvolver atividades que a deixem mais solta, tais como: desenhos circulares, atividades exploratórias, manipulação de objetos, garatujas em espiral, garatujas, círculos.

A partir desse período, aconselha-se que os professores iniciem a indução do pequeno no treino de determinadas habilidades, tal como desenhos de formas geométricas, figuras humanas. Importante salientar o seguinte:

Por volta dos 3 anos, a criança começa a fazer aquele círculo que corresponde à cabeça e, além disso, a puxar os traços que darão forma ao esboço de um corpo, animais e, finalmente, a grafia (Nuñez, 2016).

Devemos ressaltar que a grafia não é ensinada aos 3 anos. Lá pelos 4 ou 5 anos de idade a criança já passa a ter uma capacidade maior de preensão. Por serem muito novas, é preciso salientar que os exercícios voltados para o treino da grafomotricidade não devem exigir que as crianças escrevam de maneira pontual. A meta nesse momento é estimular a coordenação motora.

Quando a grafomotricidade puder ser treinada pelo pequeno, os professores devem pensar em algumas formas adequadas para estimular a criança. A grafia deve ser induzida de maneira sensorial, integrativa e perceptiva para que a capacidade da criança manifestada de maneira satisfatória.

 

Luciana Brites Psicomotricista

Compartilhe este artigo

Comments 8

  1. Luciana BRITES GOSTO Muito DO SEU TRABALHO…se eu tivesse condições faria todos os seus cursos.obrigada por estar compartilhando um pouco do seu conhecimento comigo.?

  2. Muito bom texto.
    Seria possível, sugerir algumas atividades para desenvolver o tônus das crianças nessa idade 4,5 anos?

    1. NeuroSaber Responde
  3. gostei muito dessas informacoes,serao se grande inportancia para neu trabalho,obrigada luciana!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *