Principais sintomas que indicam o TDAH

O TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade) é algo que ainda precisa de muita compreensão da sociedade, pois, em muitos casos, existem julgamentos de atitudes das pessoas acometidas com o distúrbio.

Quem não conhece o impacto que o TDAH causa na vida do paciente e de seus parentes, acaba por acreditar que a hiperatividade é falta de educação ou que a desatenção é resultado de uma pessoa desinteressada propositalmente. É preciso mudar esta visão e perceber que a situação é mais séria do que parece.

Relembrando: o que é TDAH?

O transtorno é caracterizado pela hiperatividade, desorganização, agitação, falta de atenção, impulsividade, entre outros. Estima-se que ele atinja de 3% a 6% das crianças em todo o mundo. O TDAH não tem cura, mas tem tratamentos que procuram amenizar de forma considerável os efeitos da síndrome.

Embora grande parte das pessoas com TDAH tenham a criatividade e a inteligência aflorada, muitas delas tiram notas baixas no período escolar devido a pouca consistência em atividades que precisam de maior concentração ou até mesmo pelo aspecto impulsivo.

Sintomas em diferentes fases da vida

– Infância –

A criança demonstra neste período, que compreende a pré-escola e o ensino fundamental, algumas das características mais famosas em quem é diagnosticado com TDAH: agitação excessiva e impulsividade;

– Adolescência –

Os adolescentes manifestam dificuldades de organizar suas tarefas. A agitação tende a diminuir, mas a concentração diminui (em leituras, por exemplo); baixa autoestima e problemas para conter impulsos também podem ser notados. Após os 15 anos, o jovem corre o risco de se envolver mais em brigas e abusar de álcool e drogas;

– Adultos –

Quando a pessoa chega a esta fase (e não recebeu o devido tratamento) ela tende a demonstrar insubordinação no ambiente de trabalho, dificuldade de organizar os compromissos, impulsividade em todos os aspectos da vida (profissional, social e afetivo); autoestima baixa, dependência de drogas, direção perigosa, acidentes de trânsito com frequência, entre outros.

TDAH em três grupos

Há uma divisão em grupos quanto aos sintomas manifestados tanto por crianças, jovens e adultos com o transtorno. Vejam abaixo quais são eles:

– TDAH do tipo hiperativo;
– TDAH do tipo desatento;
– TDAH combinado.

– Hiperativo: tendência ao vício (jogos, álcool, drogas), temperamento explosivo, aparente imaturidade, inquietude, não consegue ficar parado;

– Desatento: distração com o próprio pensamento, esquecimento das tarefas que devem ser feitas, esquecimento do que deveria falar, baixa concentração, desinteresse, perda de objetos com facilidade;

– Combinado: a soma do hiperativo com o desatento.

Comorbidades

É muito comum que os pacientes apresentem outros distúrbios associados ao transtorno de déficit de atenção e hiperatividade, são eles:

  • Dislexia;
  • Transtorno de ansiedade;
  • Transtorno de conduta;
  • Transtorno opositivo desafiador (TOD);
  • Depressão;
  • Transtorno afetivo bipolar;
  • Tiques.

Tratamento

A melhor maneira para tratar o TDAH é através do auxílio profissional. O especialista, após fornecer o diagnóstico, encaminhará o paciente para uma psicoterapia (que também envolve a família da pessoa). O uso de medicamentos não é descartado.

Compartilhe este artigo

Comments 14

  1. Muito, importante essa troca de conversa , que parece muito com as nossas que vivenciamos, gostaria de saber , tenho interesse de saber quais os benefícios sobre as leis tem a para as crianças e mesmos os adultos que tem esses problemas, tenho uma neta que tem TDAH, onde eu me enformar sobre as leis pq agente deixa de se orientar por falta de informação, fico muito agradecida se passar pra mim essa informação. Antes me sentia tão deprimida em enfrentar essa situação, mais fui aceitando até porque ajuda a ela própria se dão algum benefício, quais os direitos que assiste pra pessoa.Muito obrigada, espero resposta, vou ficar aguardando. Boa noite a todos.

    1. NeuroSaber Responde
    1. NeuroSaber Responde
    1. NeuroSaber Responde
  2. Olá, estou terminando meu trabalho final da faculdade de pedagogia TCC e meu tema é sobre o tdah é gostaria de saber mais como trabalhar com essas crianças em sala de aula ?

    1. NeuroSaber Responde
  3. Meu filho foi diagnosticado além de TDAH transtorno de ansiedade e DM LEVE. Gostaria de saber um pouco mais sobre o assunto. Tem como me informar?

    1. NeuroSaber Responde
  4. Boa noite
    Meu nome é Tatiana, sou aluna do terceiro semestre de pedagogia. Essa semana fui selecionada por uma instituição educacional privada, para fazer a mediação no processo de avaliação de alunos do quinto ano com diagnóstico de TDAH. Tenho muitas dúvidas! mais ainda não tive contato com nenhum deles, mais gostaria de no primeiro momento já uma ideia de como li dar com eles para desde já conseguirmos um bum êxito. Então a minha pergunta é: de que maneira bem prática devo agir para chamar a atenção deles e obter um resultado satisfatório?

    1. NeuroSaber Responde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *