Qual a idade certa para alfabetização?

A idade para alfabetização é algo que precisa ser olhado com toda atenção. O processo em si depende de estratégias em longo prazo para resultar na assimilação das letras com as palavras, associando esses sinais com a sonoridade. Enfim, nota-se uma ligação complexa e que deve ser desenvolvida.

O que estudos dizem?

As pesquisas neurocientíficas apontam que aos 6 anos de idade a criança já pode ser incluída no processo sistemático de alfabetização. Importante ressaltar que esse processo é concluído lá pelos 7 anos e meio, 7 anos e 8 meses.

Por que essa idade?

A idade para alfabetização acontece porque nesse período a criança está mais apta às habilidades de leitura e escrita. Tal estratégia vai coroar toda a estimulação do desenvolvimento dessa criança.

Como dito acima, o processo de alfabetização é algo que depende de pontos estratégicos. Além disso, vamos relembrar algumas etapas que fazem parte do caminho utilizado para se alfabetizar:

– Entre 2 e 3 anos de idade – as crianças são estimuladas com cores, sons, letrinhas e outros itens de forma lúdica. Esse exercício constante é como se fosse possível abrir uma janela no sistema cognitivo dos pequenos, possibilitando a assimilação desses itens.

– Entre 6 e 7 anos – a partir dessa fase, a criança já está pronta e preparada para ser alfabetizada, tendo como resultado o estímulo recebido lá trás.

Processo sistematizado

Como vocês podem ver, a idade para alfabetização ocorre na faixa dos 6 e 7 anos. O processo de alfabetização deve ser sistematizado e mais estimulado por profissionais que estão habilitados para essa finalidade. Afinal, a partir desse período, as sílabas mais complexas e as dificuldades de ortografia podem ser trabalhadas com mais ênfase, aumentando o conhecimento da criança.

Portanto, é importante que haja essa preocupação com o ensino que se dá aos pequenos, tendo em vista o conjunto de habilidades que é desenvolvido, o que possibilita o domínio do aluno em alguns quesitos.

Problemas na alfabetização e interferência na leitura

É possível haver casos em que a criança passa dos 6 e 7 anos com dificuldade de leitura? O que pode ser isso? Bom, é preciso olhar com cautela essa situação.

Isso pode ser motivado por diversos fatores. O primeiro deles é o seguinte: será que essa criança está vendo ou escutando bem? A primeira coisa que se deve fazer é levar o pequeno para um exame de visão ou de audição para se certificar se não há nenhum problema que impeça a leitura ou a escuta de seu filho. Esses exames são feitos para tirar todas as dúvidas nesse sentido.

E se a criança estiver enxergando e escutando sem nenhuma interferência, o que pode ser? Então é hora de avaliar como foi o processo de estimulação para a alfabetização dessa criança. Ela passou por todas as etapas de forma adequada? Será que foi mostrado o som das letras, a junção delas enquanto se pratica a leitura em voz alta?

Isso é algo que deve ser olhado com total atenção, pois não basta a criança saber as letras; é necessário que ela tenha toda uma elaboração cognitiva para perceber os sons e a sequência dos sons. Os processos de consciência fonológica e discriminação auditiva são muito importantes e influenciam também em sua alfabetização.

Sabendo que a idade para alfabetização gira em torno dos 6 ou 7 anos, é imprescindível que os adultos fiquem atentos se a criança só demonstrar facilidade nisso após esse período. Certamente, lá pelos 8,9 ou 10 anos, os pequenos podem encontrar mais dificuldade para aprender a ler e a escrever, impactando na alfabetização.

 

Luciana Brites Psicomotricista

 

Compartilhe este artigo

Comments 1

  1. Boa tarde! Meu vai fazer 9 anos e ainda não aprendeu a ler. Se com muita dificuldade de aprendizagem. Já acompanho vocês do neuro saber.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *