TDAH: Dificuldades de Aprendizagem na Escola

O que o TDAH e a dificuldade de aprendizagem têm a ver? Muitos pais e profissionais se perguntam isso, mas antes é importante saber como funciona o ambiente da escola. Esse espaço é sistematizado, organizado; as informações dentro do meio escolar são estritamente articuladas e apresentam um grau de complexidade que vai do simples para o mais denso.

O que uma criança com TDAH tem?

Ela demonstra uma dificuldade em prestar atenção ao que é exposto e, diante desse sistema escolar, a criança precisa de dois tipos de concentração: a seletiva e a sustentada. Vale dizer que o pequeno não consegue equilibrar esses dois lados, pois ela tem uma grande oscilação de atenção. O resultado, então, é a distração. O aprendizado fica defasado por conta disso.

Diferença entre o TDAH combinado e o desatento

O TDAH combinado é aquele que tem a hiperatividade e a impulsividade associada. Já o desatento é o caracterizado pela falta de atenção. Qual desses é mais prejudicial à vida escolar? O segundo tipo apresentado. O perfil desatento é mais propenso a ter dificuldades pedagógicas, com problemas de leitura, alfabetização, entre outros.

TDAH em dados científicos

Um estudo da pesquisadora Susan Meyers (2000) aponta que 65% das crianças com TDAH apresentam dificuldade de leitura, escrita e cálculo.

Segundo artigo publicado pela Dra. Rosemary Tannock, em 2016, o TDAH desatento tem 40% mais dificuldade em matemática, 90% em leitura e 80% dificuldade em escrita. Já o TDAH combinado apresenta os seguintes dados: 20% de leitura, 40% de escrita e 30% de matemática.

Quais são as dificuldades escolares que o TDAH apresenta?

De acordo com Tannock (2016) O TDAH é lento na velocidade e no processamento. A criança apresenta um ritmo diferente das outras. É importante salientar que os pais têm o peso considerável na vida dos filhos, ou seja, é preciso ter paciência e estimular o raciocínio do pequeno.

Além disso, o pobre processamento ortográfico é outra característica. A criança que demonstra isso deve ter um acompanhamento metódico dos pais e profissionais para que a habilidade de leitura e escrita seja satisfatória.

O déficit de habilidade fonológica é outro item que caracteriza o TDAH. Eles confundem o som por não ter atenção. Falemos as palavras de maneira correta e de forma que a criança entenda.

Pouca compreensão de leitura. O que fazer?

Pouca compreensão de leitura. Isso acontece porque eles decodificam as palavras ou entendem o que as palavras e os textos estão dizendo. A melhor maneira é ler o texto para o seu filho e explicar parágrafo por parágrafo.

Não exija uma leitura corrida até que a criança consiga desempenhar uma fluência. Se você quiser ler antes, faça. Depois peça para que seu pequeno leia.

Distração

Distração e sonolência são traços que o TDAH pode apresentar. O que fazer então? Na sala de aula, tente mudar o tom de voz e despertar a atenção. Em casa também. De forma que envolva o aluno e procure animá-lo.

O que vocês têm de fazer com a criança com TDAH, além de procurar ajuda profissional?
Simplesmente evitar que a criança erre. Falem para ela como deve ser feita suas lições. Esteja do lado dela, monitore e dê instruções objetivas para que o pequeno consiga acertar. Lembre-se sempre que o auxílio de uma equipe multidisciplinar é imprescindível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *