Transtornos Psiquiátricos em crianças com Autismo

Os transtornos psiquiátricos podem estar presentes no autismo e é muito importante que sejam diagnosticados precocemente para realizar as intervenções mais adequadas. Saiba mais.

Um transtorno psiquiátrico em comorbidade com o autismo, agrava muito o quadro de TEA (Transtorno do Espectro Autista). Uma associação de transtornos intensifica os sintomas do autismo e agrava os prejuízos sociais e cognitivos. É necessário identificar se e quando ele se manifesta, pois pode atrapalhar a criança a progredir socialmente e academicamente.

As comorbidades que mais afetam as crianças com autismo são: deficiência intelectual, TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade), distúrbios do sono e transtorno de ansiedade. No entanto, não são muito fáceis de identificar, já que a comunicação das crianças com TEA é comprometida, mesmo que em níveis variados — de não verbais às verbais.

Além da dificuldade de comunicação, outros aspectos estão comprometidos nas crianças com TEA, como o processamento de informação, o que torna difícil para eles descreverem seus estados mentais. Assim, é um desafio para os médicos identificarem se as dificuldades apresentadas pelas crianças se relacionam com o autismo ou a algum transtorno psiquiátrico em comorbidade. Entenda melhor.

Diagnóstico de transtornos psiquiátricos no autismo

O Transtorno de Espectro Autista é muito diverso em relação às suas características. As crianças com TEA podem ter áreas bastante comprometidas e, ao mesmo tempo, habilidades impressionantes. Encontrar e detectar comorbidades no autismo, frente a esse campo de variáveis, não é tarefa simples. 

Existem instrumentos — testes e avaliações — que auxiliam no diagnóstico de transtornos psiquiátricos, mas nenhum específico para diagnosticá-los em crianças com autismo. No entanto, diversos estudos já foram feitos para confirmar a frequência da presença de outros transtornos no autismo. 

Segundo esses estudos, cerca de 70% das crianças com TEA, apresentam ao menos um transtorno psiquiátrico. Além disso, observou-se também que alguns transtornos são mais frequentes do que outros no autismo. Saiba quais são eles.

Transtornos psiquiátricos frequentes no autismo

Transtorno de Ansiedade 

A ansiedade, em suas variadas formas, é comum no TEA, considerada um sintoma do próprio espectro. No entanto, a ansiedade comprometedora não pode ser definida como um fenômeno universal do autismo e, muitas vezes, trata-se de uma comorbidade.

Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) 

Um dos transtornos psiquiátricos mais comuns de serem encontrados nas crianças com autismo é o TDAH. Ainda que também seja um transtorno difícil de realizar um diagnóstico preciso, ele frequentemente se manifesta em comorbidade ao autismo.

Transtorno Opositor Desafiador (TOD)

A criança com autismo e TOD em comorbidade, apresenta comportamentos agressivos e clara desobediência, tanto em casa como na escola. Quando ambos os transtornos se manifestam juntos, a interação social da criança torna-se ainda mais difícil, pois nem todos entenderão que seu comportamento agressivo é agravado por isso.

Deficiência intelectual

A deficiência intelectual também é frequentemente encontrada nas crianças com autismo. Ela atrapalha na escola e na aprendizagem da criança com TEA, o que irá exigir da instituição um currículo diferenciado.

Déficits na linguagem

A limitação da linguagem é característica do autismo, ainda que se manifeste em graus diferentes. No entanto, algumas crianças com autismo apresentam um quadro ainda mais grave e cerca de 25%, são não verbais.

Distúrbios do sono

Estudos revelam que cerca de 70% das crianças com TEA desenvolvem algum distúrbio do sono. Eles afetam a qualidade, o tempo e a quantidade de sono, o que acaba gerando um cansaço excessivo durante o dia.

Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC) 

A principal característica do TOC é a presença de compulsões e/ou obsessões, que podem se manifestar em forma de pensamentos, imagens recorrentes, comportamentos repetitivos e impulsividade. Crianças com autismo e TOC em comorbidade vivenciam essas experiências de maneira altamente angustiante.

Transtorno de Fobia Específica 

O Transtorno de Fobia Específica foi um dos mais comuns encontrados em crianças com autismo. Algumas delas, apresentam fobia de sons altos, ainda que isso possa ser influenciado pela hipersensibilidade, comum em crianças com TEA.

Tratamentos e intervenções para transtornos psiquiátricos no autismo

Como o diagnóstico de autismo pode ser feito precocemente — nos primeiros anos de vida — a possibilidade de encontrar intervenções satisfatórias é muito grande. O tratamento multidisciplinar leva a resultados satisfatórios tanto em relação à interação social, quanto ao desempenho escolar.

Quando o autismo está acompanhado de transtornos psiquiátricos é fundamental contar com especialistas para que eles possam encaminhar o tratamento adequado para ambos os transtornos. Pode ser necessário o uso de medicamentos, mas as terapias são imprescindíveis para melhorar a qualidade de vida da criança com autismo.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre os transtornos psiquiátricos em crianças com autismo, compartilhe esse artigo em suas redes e ajude outros profissionais!

 

Referências:

Ovsanna T. Comorbidades Psiquiátricas em Crianças com Autismo: Desenvolvimento de Entrevista e Taxa de Transtornos — Comorbid Psychiatric Disorders in Children with Autism: Interview Development and Rates of Disorders Journal of Autism and Developmental Disorders, Volume 36, No. 7, 2006. Leyfer. Disponível em: https://www.ama.org.br/site/wp-content/uploads/2017/08/DesenvolvimentodeEntrevista.pdf

Coutinho AA, Carrijo C, Ciqueira D et al. Do DSM-I ao DSM-5: efeitos do diagnóstico psiquiátrico “espectro autista” sobre pais e crianças. Psicanálise, autismo e saúde pública. [homepage da internet]. São Paulo. [atualizado em 11/04/2013; acesso em 11/11/2013]. Disponível em: http://psicanaliseautismoesaudepublica.wordpress.com/2013/04/11/do-dsm-i-ao- -dsm-5-efeitos-do-diagnostico-psiquiatrico-espectro-autista- -sobre-pais-e-criancas/

Compartilhe este artigo

Comments 2

  1. Muito boa matéria sobre intervenções e tratamento psiquiátrico no autismo,
    bastante esclarecedor. Ajudou muito.
    Sou profissional da saúde e pai de uma criança com autismo.
    Aproveito e deixo contato de blog ; https://vivasaude.life

    1. Suporte Neurosaber

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *